Do ruivo ao loiro.

22 de Maio de 2017

O post de hoje foi bastante pedido nas minhas outras redes sociais e eu acho que é de suma importância pra quem quer fazer essa mudança. Principalmente porque quando pesquisei, não achei muitas informações na internet sobre o assunto. Sair do ruivo para o loiro tingido é perigoso para saúde do cabelo, afinal, se você assim como eu já tingia há muito tempo o seu cabelo, existe uma determinada quantidade de pigmento que fará a diferença quando você for retirar a cor dele.  

Você deve está se perguntando que cor eu usava, não é? Bem, em toda a minha saga ruiva eu sempre alternei em duas cores: a Igora 8.77 e a Igora 9-7. Também sempre usei água oxigenada de 30. Além disso, é importante dizer que durante o meu cabelo ruivo, fiz as pinturas sempre em casa ou com auxilio da minha mãe, de primos ou amigos. O que hoje eu não recomendo mais, pois ao descolorir, percebi que (não a olho nu), existiam partes manchadas. Por isso, procurei ajuda de um profissional de confiança pra fazer essa mudança que foi a Conceição no salão Gilvan Cabeleleiros (o Instagram é @gilvan_cabeleleiros). Mas, vamos ao que importa, não é? Antes de começar as etapas, vou informar que fiz um cronograma capilar fortíssimo antes de partir para descoloração total. Então, se você quer ir e o seu cabelo fique saudável, aqui vai uma dica: FAÇA UM CRONOGRAMA CAPILAR! Agora vamos as etapas:

Descoloração global:

1) Pré-limpeza com efaçol da L’Oréal com água quente, numa pausa de 20 minutos 2)

2) Foi usado efaçol com uma limpeza profunda pra remover todos os resíduos do ruivo com oxidante de 30 volumes. Com uma pausa de 35 a 40 minutos.

A cor:

3) Foi usada a cor 9,12 da L’Oréal com oxidante de 20 volumes, numa pausa de 35 minutos.

O tratamento:

4) Para fechar as cutículas, deixar ele maleável, foi usada a linha profile da L’Oréal que é uma linha regenerate que usa a partícula Aptyl 100.

5) Finalização com um protetor térmico

Corte:

6) Para garantir mais ainda o tratamento, foi usada a tesoura cauterizadora que tem como finalidade trazer mais vitalidade ao fio e retirar todas as pontas duplas.

E foi assim que sai do ruivo para o loiro. Ainda pretendo clarear mais, porém, quero que ele se recupere 100% primeiro. Espero de coração ter ajudado você que procura sair do ruivo, sei que ele é uma cor linda e também sei que enjoa demaaaais. Fiquei dois anos e já não estava aguentando mais (sim, sou uma metamorfose ambulante como diria Cazuza). Mas, é isso. Qualquer dúvida, podem comentar ou mandar direct no Instagram (@martinhabarreto).

Com amor, Martinha.

Martinha Barreto. 19 anos. Estudante de Engenharia Civil. Técnica em Edificações. Sonhadora. Apaixonada por MPB. Flamenguista doente. Viciada em livros. Escreve desde os 12 anos. Um pouco dramática. Um pouco exagerada. Meio Julieta. Meio Helena. Meio Marília. Meio Capitu. Inteiramente palavras.


12 comentários

12 respostas para “Do ruivo ao loiro.”

  1. Conceicao moreno disse:

    Realmente foi um processo muito complexo, mas gratificante o resultado obtido. Sabemos que conhecimento e bons produtos fazem toda diferença . Parabéns

  2. Bianca disse:

    Amei o post e o novo visual♡
    tenho os cabelos loiro a alguns anos e amo.

  3. Dani disse:

    Sensacional! Acredita que postei um hoje com o título “do platinado ao ruivo”? Hahaha super coincidência!
    Mudar é uma delícia!

  4. Tamara disse:

    Tbm fui do ruivo ao loiro porém nao fiz global fui com mechas …

    A citação eu adoro metamorfose ambulante! Mas acredito ser do Raul (apesar que um escreve outro canta tdo bagunçado kkkkkkk)

  5. Angela horacio disse:

    Oi qual tratamento vc esta usando para deixá-lo forte para outra química forte? Tipo descoloração? Fiz luzes mas quero mais e mais, mas estou dando um tempo, mas gostaria de um tratamento melhor me indica?

    • Oii Ângela! Obrigada pelo seu comentário. Eu estou usando alguns tratamentos da Kérastase, dando mais ênfase na nutrição e na reconstrução. Tb estou usando o “uso obrigatório” da truss que você pode usar depois do shampoo ou como um anti térmico. Sinto meu cabelo mais forte com ele.

      Uma dica é não fazer hidratação depois da descoloração. O cabelo precisa repor massa e a hidratação só deixa ele mais mole.

      Beijossss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *