Arquivo da Categoria sorriso

O poder do bom pensamento

01 de Janeiro de 2016

Na nossa vida, inúmeras coisas ruins acontecem desde o nosso nascimento até a nossa morte. Se pararmos pra refletir a quantidade de eventos que nos deixou triste até hoje, pensaríamos no dia em que deixamos cair um pirulito na pracinha ou quando tropeçamos ao correr pra o escorregador e acabamos ralando o joelho, não é? Pensaríamos também nas pessoas que partiram da nossa vida, na saudade infinita que sentimos daqueles que já faleceram e daquelas que hoje não falamos mais. Porém, se eu te pedir pra me contar as coisas alegres que já aconteceu contigo, você conseguiria relembrar aquele dia em que seu coleguinha lhe deu um abraço? Daquele dia em que você ficou dançando a tarde inteira com seu melhor amigo? Será mesmo? Estamos tão acostumados a esquecer de coisas do nosso cotidiano que perdemos lembranças incríveis. É por isso que devemos praticar um bom pensamento.

Quando começamos a enxergar a vida de uma maneira diferente, também guardaremos nossas lembranças de um jeito mais especial. Esse é o poder do pensamento positivo. Aliás, sabe qual é a força que ele tem? Infinita. Sempre que você estiver triste porque algum imprevisto aconteceu, olhe para o lado e veja algo especial. Algo que você não veria se aquilo tivesse dado certo. É possível extrair beleza nas piores coisas, é só você mudar o seu modo de olhar.Eu falo isso por experiência própria. Quando estou com algo me angustiando, tento citar os episódios mais simples que me fazem sorrir no meu dia-a-dia, até a angustia passar, quando percebo, estou me sentindo mais feliz do que estava antes de ficar angustiada. É algo instantâneo. Você lembra algo que te faz rir, e ri.

Em alguns momentos é mais complicado pensar positivo, eu sei disso, mas como tudo nessa vida, nada é impossível. Se você começar algo pensando que não dará certo, provavelmente isso não dará certo mesmo e não me venha com um “é melhor não criar expectativas, assim você se surpreende” porque não é bem assim. Coisas boas atraem coisas boas. Coisas ruins atraem coisas ruins. Tente ver como se torna mais fácil passar em uma prova quando você diz “Ei, eu sou capaz! Eu vou passar!”. Por mais difícil que o morro lhe pareça, você consegue subi-lo se acreditar nisso.  Principalmente se você perceber que o primeiro passo é esse: acreditar. Como uma coisa vai existir se você não acreditar nela? Complicado, não é?

Quando começamos a pensar de um jeito mais feliz, mais alegre, mais positivo, a vida toda se torna colorida. Sempre que alguém vier lhe dizer algo triste, você enxergará o lado bom daquilo ali e poderá tornar a vida de alguém mais feliz também. Não é errado ser uma pessoa mais natureza, você não estará sendo só mais um que acredita em contos-de-fada não, você estará sendo alguém que ajuda o mundo a ser salvo. Valorizar o bem é necessário. Não tenha medo. Tornamo-nos fortes quando nos tornamos positivos.Pode ter certeza disso. Se tu, de alguma maneira queres mudar a sua maneira de ver o mundo, saiba que o caminho é esse.

Valorize cada detalhe da sua vida, cada coisinha pequena. Veja beleza no sorriso de uma criança que você não conhece, veja beleza na música que está tocando no carro vizinho ao seu no congestionamento, veja beleza nas folhas balançando quando aquela chuva vier, veja beleza no cabelo branco do seu pai quando ele estiver estressado, veja beleza no formato da lama que seu cachorro deixou quando entrou na sua casa todo sujo. Toda raiva, ira, tristeza sairá se você enxergar encanto em tudo. E é aí que está a magia de um bom pensamento, em nunca te deixar ficar mal e te fazer ter as melhores lembranças que alguém pode ter. Nossa vida é só uma! Devemos aproveita-la da melhor maneira e não é reclamando que faremos isso, mas sorrindo sim. Sorrindo sempre aproveitamos mais. Por isso, sorria. Torne-se uma estante de sorrisos para todo instante. 

Martinha Barreto. 19 anos. Estudante de Engenharia Civil. Técnica em Edificações. Sonhadora. Apaixonada por MPB. Flamenguista doente. Viciada em livros. Escreve desde os 12 anos. Um pouco dramática. Um pouco exagerada. Meio Julieta. Meio Helena. Meio Marília. Meio Capitu. Inteiramente palavras.